Ultimas

Post Top Ads


19 de fevereiro de 2020

Homem é morto a tiros no quintal de casa no Bairro Leandro Bezerra em Caraúbas, RN



Um homem de 23 ano foi morto no início da noite desta quarta-feira (19) no quintal da casa onde mora no Bairro Leandro Bezerra em Caraúbas, no Oeste do Rio Grande do Norte. As informações foram confirmadas pela Polícia Militar, que informou a reportagem do site Icém Caraúbas que um irmão foi baleado e socorrido.

Segundo a Polícia Militar, a vítima identificada como André Ozias da Silva Jorge, de 23 anos, foi morto quando estava na casa de sua mãe, na Rua Cristina de Brito Guerra, nas proximidades do Posto de Saúde do Maria Bandeira, dois criminosos chegaram  de capacete em uma moto, desceram e invadiram a casa efetuando diversos disparos de arma de fogo. Dentro da residência tinha muitas pessoas, inclusive crianças. André correu para dentro do muro, foi perseguido e executado com vários tiros.

Ainda de acordo com a polícia militar, os criminosos provavelmente chegaram para matar o irmão dele, identificado como Augusto Sergio, de 28 anos, “Rapadura”, que foi baleado na região das nádegas  e socorrido para o Hospital Regional Dr. Aguinado Pereira da Silva, foi cirurgiado para a retirada da bala e não corre risco de morte. Ele tem passagem pela polícia por trafico de drogas. Os criminosos após o crime fugiram com destino ignorado. A polícia realizou buscas pela região, mas, nenhum criminoso foi encontrado.

O caso será investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Caraúbas, que tem como delegado titular, bacharel Christiano Othon.

A Polícia Militar fez o isolamento do local e aguarda a chegada equipe técnica do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) para os procedimentos no local e em seguida, remover o corpo para exames de necropsia na sede do órgão.
Augusto Sergio, de 28 anos, “Rapadura”, foi baleado e socorrido

André Ozias da Silva Jorge, de 23 anos, morto a tiros




Homicídios em Caraúbas de 2016 a 2020, RN


Homicídios em 2020: Clique aqui e leia
Homicídios em 2019: Clique aqui e leia
Homicídios em 2018: Clique aqui e leia
Homicídios em 2017: Clique aqui e leia
Homicídios em 2016: Clique aqui e leia



Nenhum comentário:

Seguidores