Ultimas

Post Top Ads


7 de março de 2020

Oposição em Caraúbas está desfacelada e sem nomes para disputar eleição contra o prefeito Juninho Alves

Oposição em Caraúbas está desfacelada e sem nomes para disputar eleição contra o prefeito Juninho Alves


O principal grupo de oposição está desfacelado e com a difícil missão de viabilizar um nome competitivo para desbancar o prefeito Juninho Alves e retomar o poder após quatro anos na oposição. A missão, para ser concretizada, se inicia com a escolha de um nome que tenha condições de vencer a eleição.

Apesar da peregrinação que o grupo tem feito após a desistência da empresária Carol Fernandes, nenhum nome tem aceitado a dura missão de enfrentar o prefeito Juninho Alves, que tem índices de aprovação muito alto. Neste último momento, o grupo investiu pesado no nome da médica, Dra. Velúsia Gurgel, para se embrenhar na empreitada política e ser a pré-candidata da oposição, no entanto, Dra. Velúsia, usou da sabedoria e junto com o seu esposo não aceitou a proposta e ainda se desfiliou do PSOL.

Outro nome bastante comentado nos bastidores da política caraubense é a da vereadora Titica de Lúcio, porém, ela não mostrou até o momento nenhuma empolgação na ideia de deixar uma candidatura de vereadora certa, onde ela vem realizando um bom trabalho como parlamentar, para arriscar uma disputa em uma chapa majoritária.

O que se sabe até o momento, é que os principais líderes da oposição, como Novinho Praxedes, Ferreira Junior e Zé Luiz, estão calados e sem se reunirem para definir um nome que seja forte para a disputa contra o prefeito Juninho Alves.

Já pela segunda via o nome que tem ganhado força durante as incertezas da oposição é o de Dr. Canindé de Freitas, no entanto, até o momento, o pré-candidato a prefeito não teve nenhum encontro com o grupo de oposição e o que parece, é que ele se aventurará sozinho, com uma campanha pé do chão, tentando mostrar a população que ele é o melhor nome para a disputa da eleição municipal deste ano.

Outro nome que surgiu pela terceira via é o do ex-prefeito Junior Gurgel. Esse bastante ligado ao grupo de oposição, foi convidado pelo grupo comandado por Ferreira Júnior nas eleições de 2016 para ser o candidato a prefeito, no entanto, quando estava tudo certo, ele levou um rasteira e acabou apoiando Carol Fernandes que perdeu para Juninho Alves com uma amarga maioria de 552 votos.

Nenhum comentário:

Seguidores