Ultimas

Post Top Ads


14 de maio de 2020

DEICOR descobre galpão subterrâneo e prende vereador de Serrinha dos Pintos, RN; ele é acusado de ser um dos maiores distribuidores de cigarros contrabandeados no estado

Polícia Civil descobre galpão subterrâneo e prende vereador de Serrinha dos Pintos, RN


Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado – DEICOR - nesta quinta-feira (14), após denúncia anônima, prenderam MARCIO PEREIRA DE AQUINO, vulgo "Pato Choco", natural de Martins/RN, com 38 anos de idade e que é vereador na cidade de Serrinha dos Pintos. Ele é acusado de ser um dos maiores contrabandista de cigarros importados do Estado do Rio Grande do Norte.

A DEICOR estava investigando uma ação criminosa perpetrada contra agências bancárias no interior do Estado, quando receberam uma denúncia informando que, parte do bando poderia está escondido na fazenda de "Pato Choco", situada na zona rural de Serrinha dos Pintos/RN, distante 380 km de Natal.

Durante os levantamentos investigativos, os policiais civis descobriram que dentro da granja de "Pato" havia um galpão subterrâneo, onde ele usava para guardar cigarros contrabandeados e armas de fogo. 

Após a denúncia e aos levantamentos investigativos, foi deflagrada, na manhã de hoje, uma operação policial para tentar localizar esse galpão e prender suspeitos envolvidos com roubos a banco e crimes conexos.

No momento em que as equipes chegaram à fazenda perceberam que no local tinha tido movimento de pessoas, contudo não havia mais ninguém.

Foi feita uma revista minuciosa em todo o local, até que os policiais encontraram o galpão subterrâneo, em baixo de um campo de futebol de areia, medindo aproximadamente 60m2 e dentro foram encontradas 20 caixas de cigarros contrabandeados, avaliados em mais de R$ 40.000,00 (quarenta mil reais), além de algumas munições calibre .40.

Diante da materialidade, foram realizadas diligências com o objetivo de prender "Pato Choco", sendo encontrado em um condomínio de luxo, em Nova Parnamirim.

Com "Pato" foram apreendidos dois veículos, sendo um de luxo avaliado em 180 mil reais e outro utilizado para transportar cigarros contrabandeados, encontrando-se todo preparado.

O suspeito é um dos maiores responsáveis pela distribuição ilegal de cigarros importados no Estado.


"Pato" ao ser ouvido, confessou a prática de tais crimes, razão pela qual foi autuado em flagrante delito por posse ilegal de munição de uso restrito e contrabando.









Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Seguidores