Ultimas

Post Top Ads


29 de junho de 2020

Polícia prende seis integrantes de organização criminosa interestadual especializada em arrombar caixas eletrônicos no RN

Polícia prende seis integrantes de organização criminosa interestadual especializada em arrombar caixas eletrônicos no RN


Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado – DEICOR - deflagraram, na manhã neste domingo (28), a Operação "MÃOS MALDITAS", com o objetivo de cumprirem mandados de prisão e de busca e apreensão de investigados pela prática de crimes de furto qualificado que ocorreram nas Cidade de Goianinha, Santo Antônio do Salto da Onça, Extremoz e Natal, RN, totalizando 09 (nove) ações criminosas, sendo 04 delas consumadas. 

Essa Organização Criminosa estava atuando aqui, no Rio Grande do Norte, desde o mês de fevereiro deste ano, quando começaram as investigações. 

Eles utilizavam lança de corte para abrir os caixas 24h, desligando os alarmes e praticando os furtos, tendo subtraído ao total cerca de R$ 550.000,00, durante esse período.

Essa Organização possui composição interestadual, pois é formada por criminosos oriundos de Santa Catarina, Rio de Janeiro, Paraíba, Bahia e o Rio Grande do Norte. 

Na madrugada de hoje, por volta das 02h da madrugada, eles entraram em uma farmácia, localizada na Av. Hermes da Fonseca, cortando o caixa e subtraindo a quantia de R$ 175.000,00 (cento e setenta e cinco mil reais), tendo participado dessa ação de hoje 08 bandidos e utilizaram 02 veículos. 

Após a DEICOR tomar conhecimento dessa empreitada criminosa, as equipes começaram a diligenciar e conseguiram dar cumprimento a 04 mandados de busca e apreensão e cinco mandados de prisão, além das prisões em flagrante, totalizando 06 bandidos presos, dinheiro apreendido (cerca R$ 50.000,00 reais), 03 veículos, equipamentos utilizados no corte, droga Skank, balança de precisão e sacos para embalar drogas, pois um dos investigados também é traficante, inclusive responde pelo crime de TRÁFICO INTERNACIONAL, perante a Justiça Federal do Acre. 

Foram presos:

DAM WILLIAM GRAWE, vulgo “Nitim”, natural de Joinville/SC, com 26 anos, o qual é FORAGIDO COM 02 MANDADOS DE PRISÃO EXPEDIDOS PELO RJ E SC; 

ANDERSON SÉRGIO PEREIRA, vulgo “Periquito”, natural de Joinville/SC, com 35 anos de idade; 

FRANCINALDO FRANCISCO DA SILVA, vulgo “Naldo”, natural de Pocinhos/PB, com 43 anos de idade; 

GUSTAVO FERNANDES DA CRUZ, vulgo “Guga”, natural de Natal/RN, com 27 anos de idade, o qual também responde pelo crime de tráfico perante o TJRN, bem como responde por tráfico internacional perante a JF do Acre;

JÚLIA MARTINES OLIVEIRA, natural da Bahia, com 30 anos de idade; 

ELOÍSA ALVES DE OLIVEIRA, natural do Rio de Janeiro, com 22 anos de idade.

“NITIN” era o responsável em operar a lança de corte, sendo foragido dos estados de Santa Catarina e do Rio de Janeiro, acusado de ARROMBAR CAIXAS ELETRÔNICOS. Em audiência, confessou que no RJ, antes de vir ao RN, ele e o PERIQUITO violaram mais de 05 caixas eletrônicos, fatos estes que serão difundidos com as respectivas polícias judiciárias.  

“Periquito” é parceiro de “Nitin” e viaja o país inteiro cortando caixas eletrônicos, chegando a confessar vários cortes em várias capitais. 

“Naldo” é mecânico e responsável em guardar as ferramentas utilizadas nas ações, sendo encontrada as lanças de corte e um alicate hidráulico para abrir os caixas, tendo também confessado sua participação. 

“Guga” tem a função de conseguir os veículos para as ações, bem como a de ser o motorista. Ele também foi autuado por tráfico, já que foi apreendido Skank, balança de precisão e vários sacos plásticos. 

Júlia é companheira de “PERIQUITO” há alguns meses e sabia de todos os furtos que ele praticava, inclusive lhe orientava, a fim de evitar ser preso pela polícia, após as ações, bem como lhe cobrava maior empenho para lograr êxito nas ações delituosas.

Eloísa é companheira de “Nitin”, reside na Rocinha/RJ e estava aqui ajudando ao seu companheiro a cometer os crimes, tendo uma vida de luxo, jantando em lugares nobres por R$ 700,00, comprando R$ 10.000,00 de roupas, sapatos, etc. 

A DEICOR deixa claro que as investigações continuam, pois está no encalço do investigado que tem a relevante função de trazer os criminosos de fora, qual seja: ERCENOR RAMALHO DOS SANTOS NETO “NETINHO”, o qual responde a vários processos criminais, tendo uma vida de ostentação, sendo seguido POR MAIS DE 400.000 PESSOAS em sua rede social, contudo na calada da noite age furtivamente VIOLANDO CAIXAS ELETRÔNICOS E SE ENRIQUECENDO ILICITAMENTE, todavia, A PARTIR DE AGORA É PROCURADO PELA POLÍCIA JUDICIÁRIA.   










Nenhum comentário:

Seguidores