Ultimas

Post Top Ads


30 de julho de 2020

Projeto Ide de Jesus entrega “Face Shield” a profissionais da Saúde do Hospital de Caraúbas, RN

Projeto Ide de Jesus entrega “Face Shield” a profissionais da Saúde do Hospital de Caraúbas, RN



O projeto Ide de Jesus, da Igreja de Cristo no bairro Leandro Bezerra, em Caraúbas, entregou recentemente, Face Shield (máscaras de proteção facial), a profissionais da Saúde que trabalham na área da limpeza do Hospital Regional Doutor Agnaldo Pereira.

A entrega foi realizada pelo pastor Givanildo Leite, que entende a necessidade dos funcionários tem em se proteger da contaminação do novo Coronavírus (Covid-19), uma vez que os servidores trabalham diretamente com o perigo da pandemia.

“Anteriormente já havíamos entregado essas máscaras faciais aos funcionários das Unidades Básicas de Saúde do Centro e do Leandro Bezerra e, agora foi a vez do pessoal que trabalha na limpeza do Hospital Regional. Graças a Deus que a nossa igreja está podendo ajudar as pessoas que nesse momento de pandemia estão-na linha de frente no combate ao Coronavírus. Estamos fazendo o que Jesus Cristo pregou, ajudando o próximo que se encontram em situação de vulnerabilidade, seja em decorrência de qualquer situação. Para que essas ações do projeto ocorra, queremos agradecer aos nossos colaboradores, que tem contribuído em diversas situações. Que Deus possa abençoar cada uma das pessoas que que tem nos auxiliado”, destacou o pastor Givanildo Leite.

Doação de Sangue

Outra ação que também foi executada pela Igreja de Cristo, foi a participação de um grupo de irmãos na campanha de doação de sangue, para o Hemocentro de Mossoró. O pastor Givanildo Leite, juntamente com os irmãos César e Alan Brasil, não se acomodaram com a pandemia e compareceram ao Hemocentro para doar vidas a milhares de pessoas que estão necessitando de sangue.

De conformidade com a direção do Hemocentro, atualmente o estoque de sangue está abaixo do esperado por causa da pandemia e a doação do grupo de irmãos vai contribuir para salvar vidas que dependem do estoque sanguíneo.









ICBLB/ASSECOM

Nenhum comentário:

Seguidores