Ultimas

Post Top Ads


21 de agosto de 2020

Kaká de Bodim (PL) solicita reforço nas ações contra à Covid-19 em Patu, RN

Kaká de Bodim (PL) solicita reforço nas ações contra à Covid-19 em Patu, RN
Lockdown não é suficiente para o enfrentamento à doença — Foto: Divulgação



A vereadora e pré-candidata à Prefeitura de Patu, Kaká de Bodim (PL), protocolou e entregou ofício na Secretaria Municipal de Saúde, solicitando informação e cobrando por mais ações de enfrentamento contra à pandemia do coronavírus.  

De acordo com os números disponibilizados no portal do Ministério da Saúde, o município de Patu já recebeu, em quatro meses, mais de R$1.200.000,00 (Um milhão e duzentos mil reais), recurso destinado exclusivamente para à Covid-19. 

No ofício entregue nesta quinta-feira, 20, a vereadora e pré-candidata à Prefeitura de Patu, Kaká de Bodim (PL), requer informações sobre o plano municipal de combate à covid-19; o número de testes já realizado no município; a relação com nomes e funções do Comitê de combate ao coronavírus; e a prestação de contas dos recursos já utilizados no enfrentamento à pandemia. 

“Estou exercendo o meu dever assumido com o povo de Patu, o de ser fiscalizadora das ações do legislativo municipal. Precisamos de ações mais assertivas, pois enquanto o mundo retoma às atividades de forma gradual e ordenada, aqui em Patu, nós estamos sentindo a falta de planejamento da Prefeitura Municipal e assistimos o município fechar as suas fronteiras”, diz Kaká de Bodim.  

No mesmo ofício, Kaká solicita o posicionamento da Secretaria Municipal de Saúde sobre o não pagamento dos 40% de insalubridade aos profissionais de Enfermagem e a falta de profissionais médicos para atendimento exclusivo aos pacientes com suspeita / confirmação da Covid-19.  

Como uma de suas propostas de enfretamento à pandemia, Kaká de Bodim sugere que, um dos postinhos de saúde ou a Policlínica seja, voltado para o acolhimento de pessoas suspeitas ou confirmadas para o coronavírus, garantido assim mais segurança e cuidado para os profissionais da saúde, pacientes e os seus familiares, e a população no geral.


Nenhum comentário:

Seguidores