Icém Caraúbas Em um dia, RN registra quatro mortes de policiais e bombeiros militares por Covid-19; já são 34 desde o início da pandemia - Icém Caraúbas Em um dia, RN registra quatro mortes de policiais e bombeiros militares por Covid-19; já são 34 desde o início da pandemia - Icém Caraúbas

Ultimas

Post Top Ads








23 de março de 2021

Em um dia, RN registra quatro mortes de policiais e bombeiros militares por Covid-19; já são 34 desde o início da pandemia

Em um dia, RN registra quatro mortes de policiais e bombeiros militares por Covid-19; já são 34 desde o início da pandemia
Policiais Militares no Rio Grande do Norte — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi



Somente em um dia, ao longo desta segunda-feira (22), quatro militares morreram em decorrência da Covid-19 no Rio Grande do Norte: dois bombeiros e dois policiais militares. Em um ano, 34 militares e servidores da Segurança Pública estadual foram vitimados pela doença. Mais da metade, 19, somente nos três primeiros meses deste ano.


Um dos PMs, que faleceu foi Jurandir Pedro da Silva, de 49 anos. Segundo a PM, ele ingressou na corporação em 1992 e atualmente estava lotado no 3º Batalhão, em Parnamirim, na Grande Natal.


O bombeiro Fábio de Souza Silva, de 50 anos, foi outro militar que perdeu a vida. A esposa dele, Cristiane Regina Silva, de 43 anos, havia falecido dias antes com a doença.


Os casos entre militares e demais servidores da segurança motivaram protestos e inclusive pedidos feitos pelas autoridades na área para que o grupo entre na prioridade de vacinação contra o coronavírus.


No dia 17 de março, o comandante geral da PM, coronel Alarico Azevedo, e o comandante do Corpo de Bombeiros, Luiz Monteiro Júnior, oficializaram pedido à Secretaria de Segurança para que agentes de segurança pública também tenham prioridade em vacinação contra a Covid-19. No dia seguinte, policiais civis fizeram uma paralisação cobrando vacinação contra o coronavírus.


Óbitos por Covid-19 no Rio Grande do Norte

  • Polícia Militar: 28 óbitos
  • Em 2020: 13 (7 da reserva)
  • Em 2021: 15 (9 da reserva)
  • Corpo de Bombeiros: 3 óbitos
  • Em 2020: 1 (da reserva)
  • Em 2021: 2 (1 da reserva)
  • Polícia Civil: 2
  • Em 2020: 0
  • Em 2021: 2 (ambos aposentados)
  • Itep: 1
  • Em 2020: 1

Segundo a Secretaria de Segurança, ainda no dia 5 de março, o secretário coronel Francisco Araújo assinou uma carta conjunta dos secretários estaduais de segurança solicitando vacinação ao Ministério da Justiça.


No dia 22, o colégio de secretários voltou a enviar ofício para o ministro André Mendonça: "No Rio Grande do Norte 27 agentes de segurança já foram vitimados pela Covid", relata um trecho do documento.


A carta resultou em um ofício encaminhado pelo Ministério da Justiça ao Ministério da Saúde, nesta segunda (22), que ainda informou que as autoridades estaduais se comprometem a realizar a vacinação priorizando profissionais que estão nas ruas, no atendimento ao público e os de maior idade. Apesar disso, ainda não há definição sobre o assunto.


Até esta segunda-feira (22), o Rio Grande do Norte registrou 185.208 casos de Covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). A doença vitimou 4.168 pessoas no estado e outros 888 óbitos estão sob investigação.


Por G1 RN

Nenhum comentário:

Seguidores