Icém Caraúbas Usuário de droga é morto a tiros em via pública na Comunidade do Ouro Negro em Mossoró - Icém Caraúbas Usuário de droga é morto a tiros em via pública na Comunidade do Ouro Negro em Mossoró - Icém Caraúbas

Ultimas

Post Top Ads







sábado, 17 de julho de 2021

Usuário de droga é morto a tiros em via pública na Comunidade do Ouro Negro em Mossoró

Usuário de droga é morto a tiros em via pública na Comunidade do Ouro Negro em Mossoró


O crime foi registrado pela Polícia Militar, por volta das 02h30min desta madrugada de sábado 17 de julho de 2021, na Rua Neco Rodrigues, na Comunidade do Ouro Negro, no Bairro Aeroporto em Mossoró na região Oeste do Rio Grande do Norte. Um homem aparentando ter entre 20 e 25 anos de idade e que segundo parentes se chamava Gabriel Freire da Silva, foi morto em via pública com vários tiros.


No local impera a lei do silêncio e ninguém quis dar in formações para a polícia sobre o que ocorreu. Pessoas que se apresentaram como parentes da vítima, disseram apenas que ouviram tiros, mas não saíram da casa para ver o que tinha acontecido. Somente com a chegada da PM é que eles abriram a porta e saíram para ver o corpo.


Os parentes disseram também que a vítima era morador de rua e usuária de entorpecentes. A Polícia não tem dúvida de que a vítima tenha ido ao local comprar drogas e acabou sendo morto. Durante os trabalhos de perícia, a equipe do ITEP encontrou drogas próximo ao corpo. Segundo o perito Bener Lemuel, foram identificadas 12 perfurações de tiros, entre entrada e saída e que a vítima chegou no local, correndo tentando escapar da morte, mas não teve chances. Muitas cápsulas e munições não deflagradas de pistola ficaram espalhadas no local do crime e recolhidas pela equipe pericial.


O delegado de plantão Dr. Alex Wagner, esteve com sua equipe no local, acompanhando o trabalho de perícia e tentando colher algumas informações, que pudessem ajudar na investigação, mas segundo a autoridade policial, ninguém quis dar qualquer informação nesse sentido. O corpo da vítima foi recolhido após a perícia e encaminhado ao IML do ITEP onde será examinado e depois liberado. Mossoró chega a marca dos 92 assassinatos em 2021. Este é mais um crime para a Delegacia de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) investigar.


Por FIM DA LINHA

Nenhum comentário:

Seguidores