Icém Caraúbas RN fecha primeiro trimestre do ano com redução de 21% no número de mortes violentas - Icém Caraúbas RN fecha primeiro trimestre do ano com redução de 21% no número de mortes violentas - Icém Caraúbas

Ultimas

Post Top Ads




sexta-feira, 1 de abril de 2022

RN fecha primeiro trimestre do ano com redução de 21% no número de mortes violentas

RN fecha primeiro trimestre do ano com redução de 21% no número de mortes violentas


O Rio Grande do Norte alcançou mais uma importante estatística para a segurança pública estadual. No primeiro trimestre de 2022, o trabalho das forças de segurança potiguar resultou em uma redução de 21% na quantidade de Condutas Violentas Letais e Intencionais, os chamados CVLIs, quando comparado com os primeiros três meses de 2021. Em números, foram registrados 286 homicídios nos três primeiros meses deste ano, 76 mortes a menos do que no mesmo período do ano passado, quando ocorreram 362 mortes violentas. 


Os dados foram consolidados e fornecidos pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (COINE) da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED).


No comparativo entre os meses de janeiro, em 2022 foram registrados 96 homicídios em todo o Rio Grande do Norte, contra 118 mortes violentas no estado em 2021. A diminuição nas estatísticas significa queda de 18,64% no mesmo período.


Entre os meses de fevereiro, os dados da COINE apontam redução de 104 ocorrências no ano passado, para 103 registros ocorridos neste ano, o que significa uma redução de 0,96%.


Já na comparação entre os meses de março, a redução foi a maior até então. A queda foi de 37,85%, que é o resultado da diferença entre os 87 homicídios registrados neste ano, diante dos 140 crimes de morte violenta registrados em março de 2021.


"Mais uma vez, graças ao trabalho integrado e à abnegação dos servidores que compõem as forças de segurança que atuam em nosso Estado, estamos apresentando dados positivos para o povo potiguar", destacou o titular da SESED, coronel Araújo.


Nenhum comentário:

Seguidores