Icém Caraúbas Polícia Civil identifica suspeito de estuprar menino de 10 anos em banheiro de shopping de Natal - Icém Caraúbas Polícia Civil identifica suspeito de estuprar menino de 10 anos em banheiro de shopping de Natal - Icém Caraúbas

Ultimas

Post Top Ads




sexta-feira, 29 de julho de 2022

Polícia Civil identifica suspeito de estuprar menino de 10 anos em banheiro de shopping de Natal

Polícia Civil identifica suspeito de estuprar menino de 10 anos em banheiro de shopping de Natal



A Polícia Civil já identificou o homem suspeito de estuprar um menino de 10 anos dentro do banheiro de um shopping de Natal. O crime aconteceu no dia 9 de julho.


De acordo com delegada Igara Rocha, titular da Delegacia de Proteção da Criança e do Adolescente, após a divulgação das imagens do suspeito, a polícia recebeu várias denúncias, inclusive com fotos, sobre a identidade do suspeito. Veja o vídeo abaixo.


"Após um levantamento feito pela equipe de investigação da delegacia, nós verificamos que ele responde dois inquéritos policiais, um de 2012 e outro de 2017, pelo crime de estupro de vulnerável. As duas situações muito parecidas com essa, as vítimas eram crianças também. Nas duas situações ele chegou a ser preso, mas depois foi colocado em liberdade", disse a delegada.


O crime

O crime aconteceu por volta das 18h30 do dia 9 de julho, um sábado. Segundo a polícia, o homem obrigou o menino a fazer sexo oral nele dentro de um banheiro do shopping.


Nas imagens colhidas pela equipe de investigação da delegacia, é possível ver que o suspeito permaneceu 32 minutos dentro do banheiro e que ele saiu do local vestindo outra camisa.


A delegada explicou a vítima entrou no banheiro depois do suspeito, ficou no local por volta de quinze minutos e saiu aparentando estar nervoso. Ainda segundo a polícia, o pai da criança estava aguardando por ela na praça de alimentação.


"A orientação que a gente pode dar é que os pais acompanhem os filhos nessas situações, porque onde há criança, há o abusador e ele se aproveita justamente desse momento que a criança está sozinha", disse a delegada Igara Rocha.


Por g1 RN

Nenhum comentário:

Seguidores