Ultimas

Post Top Ads


20 de dezembro de 2019

Polícia prende mais um suspeito de participação na morte de PM da reserva no RN

Polícia prende mais um suspeito de participação na morte de PM da reserva no RN
Mais um suspeito foi preso nesta quinta-feira (19) — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi


Policiais civis prenderam nesta quinta-feira (19) mais um suspeito de participação no assassinato do tenente da reserva da Polícia Militar Plínio Sales, que foi morto em julho deste ano em Macaíba, na Grande Natal. O homem de 19 anos foi preso em uma clínica de reabilitação para usuários de drogas, em São José de Mipibu.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito de 19 anos confessou ter participado da ação criminosa que tirou a vida do policial. Ele contou aos policiais que dirigiu o veículo usado durante o assassinato de Plínio Sales.

"No depoimento, ele confirma a participação no crime e em outras atividades ilícitas praticada por esse bando", disse o delegado de Macaíba, Cidórgeton Pinheiro, que conduziu as investigações do caso.

Esse é o segundo suspeito de participação na morte do PM preso. Um outro havia sido detido no dia seguinte à ação. Além deles, outro bandido que participou do crime morreu na troca de tiros com Plínio Sales.

A Polícia Civil segue investigando o caso para descobrir se há mais envolvidos no crime. "As investigações continuam com o objetivo de identificar um quarto, um quinto ou até mesmo um sexto integrante que aterrorizou a zona rural da cidade de Macaíba e vizinhas", explicou o delegado Cidórgeton Pinheiro.

O caso
O tenente da reserva da PM Plínio Sales foi morto no dia 3 de julho deste ano em uma tentativa de assalto em uma rua de barro entre Natal e Macaíba, na Região Metropolitana. O caso aconteceu próximo ao condomínio Village de Prata. O militar chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu a caminho do pronto-socorro Clóvis Sarinho.

Tenente da PM Plínio Sales foi morto em troca de tiros com bandidos durante assalto na Grande Natal — Foto: Redes Sociais/WhatsApp
Plínio estava com três familiares no carro quando foi interceptado pelos criminosos, que estavam em outro veículo. Assaltantes e o policial trocaram tiros. O tenente Plínio e um dos bandidos se feriram e morreram. Nenhum dos parentes do PM foi atingido.

Por G1 RN

Nenhum comentário:

Seguidores