Ultimas

Post Top Ads


28 de março de 2020

Feiras livres voltam a acontecer em Natal após uma semana de suspensão por causa do coronavírus



Feiras livres voltam a acontecer em Natal após uma semana de suspensão por causa do coronavírus
Feira do Alecrim, neste sábado (28), em Natal — Foto: Ayrton Freire/Inter TV Cabugi


Durou uma semana a suspensão das feiras livres em Natal, por causa da pandemia do novo coronavírus - o Covid-19. Neste sábado (28), uma das mais tradicionais, a do bairro Alecrim, na Zona Leste da capital, voltou a acontecer, com algumas restrições e cuidados, mas ainda houve aglomeração, o que não é recomendado.

Alguns feirantes e clientes usavam máscaras e álcool em gel. As barracas estavam mais afastadas umas das outras e os feirantes mais idosos não foram trabalhar. Mas havia muitas pessoas concentradas no local. A reportagem também não constatou a presença de fiscais do município, que deveriam verificar se as recomendações estavam sendo seguidas.

Todo dia da semana tem feira em algum bairro ou região de Natal. O feirante Genilton Ferreira perdeu três durante os dias de suspensão. De acordo com ele, o movimento voltou devagar, cerca de 30% em relação ao normal.

Uma semana após proibição de feiras livres em Natal, comércio é retomado. Na feira do Alecrim, na Zona Leste, cuidados não foram suficientes para evitar aglomeração. — Foto: Ayrton Freire/Inter TV Cabugi

Já Hugo Duarte montou a banca dele mais afastada em relação aos demais e foi um dos poucos que conseguiu maior distanciamento dos clientes e da aglomeração. De acordo com ele, foi a saída encontrada para trabalhar com o mínimo de segurança, após uma semana de prejuízos.

"Perdi mercadoria, tive prejuízo, por isso precisava voltar a trabalhar", contou.

A liberação para realização das feiras foi informada nesta sexta-feira (26), exatamente uma semana após elas terem sido suspensas no município. De acordo com a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), algumas medidas devem ser adotadas: diminuição do número de bancas em cada feira (duas bancas por feirante); espaçamento de dois metros entre bancas, e a proibição da presença de comerciantes que se enquadram no grupo de risco de contágio pelo novo coronavírus.

Por Inter TV Cabugi

Nenhum comentário:

Seguidores