Icém Caraúbas Corpo de idosa levado em carro de mão ao cemitério pelo filho é recolhido para passar por exames no RN - Icém Caraúbas Corpo de idosa levado em carro de mão ao cemitério pelo filho é recolhido para passar por exames no RN - Icém Caraúbas

Ultimas

Post Top Ads




sexta-feira, 22 de julho de 2022

Corpo de idosa levado em carro de mão ao cemitério pelo filho é recolhido para passar por exames no RN

Corpo de idosa levado em carro de mão ao cemitério pelo filho é recolhido para passar por exames no RN
Foto: Cedida 


O corpo de uma idosa que foi transportado pelo próprio filho em um carro de mão, por cerca de 5 quilômetros, até o cemitério de Vera Cruz, na região do Agreste potiguar, foi recolhido por uma funerária no início da tarde desta quinta-feira (21), por volta das 12h30.


Segundo a Guarda Municipal de Vera Cruz, o corpo foi levado para o Serviço de Verificação de Óbito (SVO), em Natal, para passar por exames, que deverão definir a causa da morte da senhora de 82 anos.


Após os procedimentos, a mulher deverá ser sepultada em Monte Alegre, município onde a família mora.


A polícia acredita que o filho tomou a atitude de levar o corpo da mãe no carro de mão até o cemitério por falta de orientação sobre o que fazer após o falecimento.


O fato chamou a atenção da população de Vera Cruz, que acionou a polícia ao cemitério por volta das 7h desta quinta-feira (21).


À guarda municipal, o homem disse que sua mãe de 82 anos faleceu na tarde de quarta-feira (20), por volta das 14h, no distrito de Olho D'água, que fica na zona rural de Monte Alegre.


Ele, então, decidiu levar o corpo no carro de mão para ser sepultado no cemitério do município vizinho, de Vera Cruz. Segundo ele, um rio cheio impedia a passagem para a cidade de Monte Alegre.


A mulher foi identificada como Antonia Alves da Silva, de 82 anos.


Segundo o guarda Diangelo de Lima, que conversou com o homem, o agricultor tem cerca de 55 anos. Ele ainda disse ao servidor que a idosa enfrentava algumas doenças e tinha uma ferida que pode ter infeccionado.


Segundo o major Carlos Alberto da Silva, comandante da 8ª Companhia Independente da PM em São José de Mipibu, não há suspeita de morte violenta.


"Aparentemente, não houve dolo por parte do filho. Seriam pessoas sem esclarecimento e orientação das medidas a serem adotadas no caso", considerou o major.


Segundo a Guarda Civil de Vera Cruz, a prefeitura de Monte Alegre informou que a Secretaria de Assistência Social deverá realizar os trâmites para o sepultamento da idosa.


Por Igor Jácome, g1 RN

Nenhum comentário:

Seguidores