Icém Caraúbas Populares realizam homenagens a Raimunda Ivanilda que foi brutalmente assassinada há 50 anos em Caraúbas; veja vídeo e fotos - Icém Caraúbas Populares realizam homenagens a Raimunda Ivanilda que foi brutalmente assassinada há 50 anos em Caraúbas; veja vídeo e fotos - Icém Caraúbas

Ultimas

Post Top Ads

 






quarta-feira, 12 de janeiro de 2022

Populares realizam homenagens a Raimunda Ivanilda que foi brutalmente assassinada há 50 anos em Caraúbas; veja vídeo e fotos


Na manhã desta quarta-feira (12), muitas homenagens foram realizadas em memória da jovem Raimunda Ivanilda que foi cruelmente assassinada há 50 atrás e que possivelmente tenha sido um dos primeiros feminicidios da cidade. A jovem menor de idade era cearense e estava morando em Caraúbas que possivelmente estava grávida foi vítima de abuso sexual e morta brutalmente foi mais uma vítima da violência contra mulheres que ocorre não só em Caraúbas mas, no mundo inteiro.


O fato que comoveu toda a cidade pela crueldade e falta de piedade humana em relação a Ivanilda que foi levada para um matagal estuprada e morte com diversas cutiladas de facas, merece até hoje ser lembrada pela luta diária que a mulher enfrenta cotidianamente que é agressão física.



Por volta das 06h30 a Banda de Música Maestro Joaquim Amâncio que veio prestar homenagem, também o grupo do Terço dos Homens veio rezar um terço em memória e representando o padre Íkaro Drêan a equipe da Pascom Jaimar Gomes e Vonúvio Praxedes e o seminarista Júlio César que representou o padre conduzindo o momento religioso.


Conhecidos da jovem que ergueram uma cruz sobre a pedra a qual foi encontrada em cima após dois dias desaparecida, o local é tido como sagrado por diversas pessoas que confessam em seus relatos que alcançaram muitas graças devido a intercessão em memória da alma de Raimunda Ivanilda.


Estiveram presentes  ainda muitas pessoas que não deixam a história de Ivanilda se apagar  como o filho de Maria de Cesseta (In memoriam)  o senhor Francisco Ferreira de Lima que construiu uma casinha sobre a rocha a pedido da mãe dele. 


A capela maior é um espécie de oratório que foi erguida no passado pela senhora Francisquinha de Gil que conviveu com Ivanilda em sua casa; fica ao lado da casinha onde diversas pessoas vêm acender velas e fazer suas orações e petição de alguma graça é passada de geração em geração.


Aldilene Pereira é devota desde criança, pois sua mãe também já falecida alcançou muitas graças e hoje ela continua esta tradição. E foi assim que ela decidiu ajudar e conseguiu com com que amigos colaborassem com a reforma da capela construída ao lado do local que foi erguida a casinha onde seu corpo foi encontrado em estado avançado de putrefação. "Estou muito emocionada por ter conseguido reformar a Capela de Ivanilda estou dando continuidade na fé e devoção de minha mãe,  e agradeço a cada um que me ajudou a realizar este sonho", disse emocionada.



















































Nenhum comentário:

Seguidores