Icém Caraúbas Caraúbas reduz números de homicídios: foram registrados nove mortes de forma violenta em 2021; uma a menos que no ano passado - Icém Caraúbas Caraúbas reduz números de homicídios: foram registrados nove mortes de forma violenta em 2021; uma a menos que no ano passado - Icém Caraúbas

Ultimas

Post Top Ads

 






sábado, 1 de janeiro de 2022

Caraúbas reduz números de homicídios: foram registrados nove mortes de forma violenta em 2021; uma a menos que no ano passado




Dados coletados pelo site Icém Caraúbas mostram que 9 pessoas morreram vítimas de homicídios dolosos e lesões corporais seguidas de morte em 2021. Isso equivale a menos de um pessoa morta a cada mês; uma média de 0,75. 


O site Icém Caraúbas iniciou suas atividades em fevereiro de 2010 começou a contabilizar o número de mortes violentas no município de Caraúbas no ano de 2012, onde foram registradas 11 mortes de forma violenta.


Os dados revelam que comparando com o mesmo período dos últimos 9 anos, 2019, 2020 e 2021 foram os anos que registraram os menores índices de mortes violentas na terra das Caraubeiras. Em 2019 foram contabilizados 7 mortes, 2020 foram 10 e em 2021 foram 9.


Confira as mortes de forma violenta na cidade de Caraúbas no ano de 2020:


HOMICÍDIOS NO ANO DE 2021 EM CARAÚBAS



Dia 6 de janeiro de 2021

1º Homicídio do ano:




Dia 1 de fevereiro de 2021

2º Homicídio do ano:



Dia 11 de maio de 2021

 Homicídio do ano:





Dia  20 de junho de 2021


Dia  16 de setembro de 2021

5º Homicídio do ano:




Dia  15 de novembro de 2021

6º Homicídio do ano:






Dia  19 de novembro de 2021

7º Homicídio do ano:



Criminosos mata homem a tiros e na fuga troca tiros com a Polícia Militar em Caraúbas

Dia  11 de dezembro de 2021

8º Homicídio do ano:


Homem de 56 anos é morto a tiros na zona rural de Caraúbas


Dia  30 de dezembro de 2021

9º Homicídio do ano:



Homicídios em Caraúbas de 2016 a 2021, RN
Homicídios em 2021: Clique aqui e leia
Homicídios em 2020: Clique aqui e leia
Homicídios em 2019: Clique aqui e leia
Homicídios em 2018: Clique aqui e leia
Homicídios em 2017: Clique aqui e leia
Homicídios em 2016: Clique aqui e leia

Nenhum comentário:

Seguidores